Chapecó e Região Convention & Visitor Bureau

Notícias

12/Dez

Bolsonaro terá Turismo como uma das prioridades, diz Álvaro

RIO DE JANEIRO – A Clia Brasil e a Frente Parlamentar do Turismo (Frentur) reuniram lideranças da indústria de viagens para um evento significativo durante a tarde desta quarta-feira (5). Autoridades e nomes fortes do setor subiram a bordo do novo MSC Seaview, ancorado no porto do Rio de Janeiro, se reuniram com a presença do futuro e do atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e Vinicius Lummertz, respectivamente, para falar sobre o trabalho em prol do setor a partir desse novo ciclo político que se inicia no País.

Em seu primeiro contato com o trade turístico após a nomeação para o MTur, Marcelo Álvaro tranquilizou os executivos quanto ao olhar do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Segundo ele, "Bolsonaro é um entusiasta e já entendeu que o Turismo estará no centro da agenda econômica do País". "O Turismo será uma das prioridades", reforçou.

O deputado federal e presidente da Frentur, Herculano Passos, elogiou o posicionamento do novo ministro e afirmou que a aproximação das entidades, independentemente de simpatias partidárias, preveem um "futuro brilhante" para o setor. "O partido da Frente Parlamentar é o Turismo. Ou seja, não temos partido. Queremos oferecer o que há de melhor", afirmou

OS DESAFIOS
A retomada do setor, citada em diversas ocasiões durante o evento, precisará superar alguns desafios para se consolidar, e o novo ministro já começa a identificá-los. Segundo ele, a transformação da Embratur em agência é um dos principais, uma vez que vai garantir uma promoção do Brasil no exterior com condições muito melhores.

Marcelo Álvaro ainda destacou a possível abertura das companhias aéreas para o capital estrangeiro. "Vai promover uma maior competitividade das empresas e, consequentemente, o aumento de rotas pelo Brasil", analisou.

"São vários os gargalos, mas trabalharemos um a um para que a gente consiga fazer do Turismo essa 'mola propulsora' para o Brasil, gerando renda e empregos", concluiu o futuro ministro do Turismo.


FUTURO DO MTUR
A confirmação da manutenção do MTur foi recebida com alívio para a indústria brasileira de viagens, mas e agora? A sucessão de Lummertz no comando do ministério passa, em muito, pelo orçamento da pasta, que, de acordo com o novo ministro, precisará ser revisto.

"Já tivemos uma verba de R$ 2,4 bilhões, mas hoje temos apenas R$ 1 bi para fazer esse trabalho tão importante. Com o presidente (Bolsonaro), a Câmara dos Deputados e o setor ao nosso lado, conseguiremos avançar em várias frentes, inclusive essa melhoria do orçamento", disse Marcelo Álvaro.

O novo ministro ainda revelou que a transição junto à gestão de Lummertz tem sido "aberta e tranquila", confirmando que seu comando à frente do MTur será um "trabalho para dar continuidade" ao que vem sendo feito.

A PANROTAS viaja a convite da MSC



Outras Notícias

22
Fev
Turismo segmentado e com foco nas regiões de SC são prioridades da presidente da Santur
A Santur vai absorver as atribuições relacionadas ao turismo que antes eram da SOLA nova presidente da Santur S.A., Flavia Didomenico, tomou posse na tarde... Leia Mais
14
Fev
Comitê debate estratégias de turismo termal no Oeste Catarinense
Chapecó, 14/02/2019A Administração Municipal por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo realizou esta semana o encontro do Comitê Gestor... Leia Mais
14
Fev
Prefeitura de Chapecó lança o Programa Lixo Zero
Chapecó, 13 de fevereiro de 2019 - quarta-feira – A Administração Municipal de Chapecó reuniu a sociedade na manhã desta terça-feira (12/02), no Centro... Leia Mais
06
Fev
Observatório vai acompanhar ações de integração do turismo de SC
Responsável por 12,5% do PIB de Santa Catarina e pela geração de 122 mil empregos, o setor de turismo ganhou uma nova ferramenta de promoção e desenvolvimento.... Leia Mais

Nossos Parceiros