Chapecó e Região Convention & Visitor Bureau

MONUMENTO O DESBRAVADOR

Situado no perímetro urbano, foi inaugurado em 25 de agosto de 1981 com o objetivo de homenagear os primeiros desbravadores que colonizaram e construíram o Município. Criado pelo artista plástico Paulo de Siqueira, mostra a figura de um gaúcho empunhando um machado, simbolizando o trabalho. Na mão esquerda, um louro simbolizando a conquista e a vitória. O monumento possui 14 metros de altura, 5,70 metros de largura e pesa 09 toneladas. A obra é um cartão de visitas e ponto de identificação da cidade. Na base do monumento está o Memorial Paulo de Siqueira.

MEMORIAL PAULO DE SIQUEIRA

Ocupando a base do Monumento “O Desbravador”, mostra algumas das inúmeras obras do artista plástico, pintor, escultor, paisagista e ceramista Paulo Batista de Siqueira. Seu acervo é relativamente reduzido se comparado à totalidade da gigantesca obra do autor. São encontradas, também, fotos e informações sobre parte da obra do artista, espalhadas pelos três estados do sul do País e na Argentina e Paraguai. Outras informações: 49 3319-1010.

PRAÇA CORONEL BERTASO

Localizada no centro da cidade, a Praça Coronel Bertaso é um espaço agradável que contempla história, cultura, lazer e descanso. Ao mesmo tempo em que conta a história do ciclo da madeira, primeiro ciclo econômico e cultural de Chapecó entre as décadas de 1920 e 1950 – através de um mural feito em argamassa de concreto, utilizando técnica mista esgrafiado-mosaico com cerca de 200 m² – oferece área de lazer com parque infantil, jogos de mesa e uma bela fonte luminosa com jato d’água. Na fonte luminosa há uma escultura abstrata em metal feita pelo artista plástico Xyko Bracht. Dispõe, ainda, de galeria de artes.

GALERIA DE ARTES DALME MARIE GRANDO RAUEN

Localiza-se na Praça Coronel Bertaso, em sala com atendimento monitorado em horário comercial. Neste espaço, regularmente, artistas locais e visitantes expõem suas obras. A Galeria Municipal de Artes foi criada em 2002, homenageando a artista chapecoense Dalme Marie Grando Rauen, e visa difundir e fomentar as artes visuais.

CATEDRAL SANTO ANTÔNIO

Localizada no centro da cidade, foi inaugurada em 08 de dezembro de 1956. Possui duas torres com 40 metros de altura. O projeto é do arquiteto Cristiano Betamin. Vista do alto, a Catedral possui formato de cruz. Atrás da Catedral há uma gruta em pedra com imagens de Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Dores e Nossa Senhora das Graças, onde diariamente inúmeras pessoas fazem orações. Outras Informações: 49 3322-2278 ou www.catedralchapeco.org.br.

MUSEU DE HISTÓRIA E ARTE DE CHAPECÓ / PRÉDIO HISTÓRICO DA PREFEITURA MUNICIPAL

Localizado na Av. Getúlio Vargas, centro da cidade, o prédio começou a ser construído em 1944 na administração do Prefeito Serafim Enoss Bertaso, que deixou pronto o fundamento e os alicerces. Em 1947, o prefeito Vicente Cunha deu grande impulso à construção e concluiu o prédio, inaugurado no dia 09 de julho de 1950. A arquitetura em voga na década de 50, em estilo “Getulista”, tem como característica as fundações em pedra, construção em alvenaria sem pilares nem vigas, de tijolo maciço, pintura nas paredes em escariola (técnica que imita o mármore, realizada a base de desempeno e bico de pena) e aberturas em madeira. Seus alpendres estão voltados para a Avenida Getúlio Vargas, onde nesse local perfilavam-se as autoridades para discursos e atos cívicos. O local abriga o Museu de História e Arte de Chapecó – MHAC. Outras informações: 49 3319-1010/ 3321-8593.

MUSEU DA COLONIZAÇÃO DE CHAPECÓ

É um espaço museal de significativa importância, pois resgata, preserva e salvaguarda o processo de colonização de Chapecó, a história de seus agentes desbravadores e visionários, assim como seus saberes e fazeres que, em tão pouco tempo, transformam o município de Chapecó em uma referência de progresso e desenvolvimento. O Museu da Colonização é um espaço de memórias, relacionamentos e interação.

VALE DO RIO URUGUAI

Na descida da serra da SC-480, com ótima vista para o Rio Uruguai e ponte de divisa com o Estado do Rio Grande do Sul, o Vale do Rio Uruguai, no Distrito de Goio-En, proporciona bela paisagem que pode ser vista ao longo da serra ou pelo mirante. Fica a aproximadamente 15 km do centro da cidade.

MIRANTE DA FERRADURA

A estrada de acesso às comunidades de Alto Capinzal e São José do Capinzal caracteriza-se pela paisagem rústica, exuberante, que nos leva por caminhos que serpenteiam as curvas do Rio Uruguai, onde se tem a impressão de estar em um local mágico que vivenciou parte da história dos primeiros moradores de Chapecó, dos balseiros, do ciclo da madeira. Descendo pela estrada de chão encontra-se um refúgio onde o turista pode observar e apreciar a beleza do Vale. Dependendo do clima e horário, poderá ver os primeiros raios de sol nascendo em meio a névoa que paira sobre as águas e que mais parece um algodão envolvendo todo o Vale.

ARENA CONDÁ

O espaço compreende o campo de futebol onde joga a Associação Chapecoense de Futebol, campeã catarinense de 2006. Inaugurado em 24 de janeiro de 1976, chamava-se Estádio Regional Índio Condá, mas em 2008 precisou ser demolido para ampliação e construção da Arena Condá, no mesmo local. A Arena está localizada no centro da cidade, próximo ao Ginásio de Esportes Ivo Silveira e do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes. Com as modificações, terá capacidade para 25 mil pessoas e será um dos maiores estádios de futebol de Santa Catarina. O campo mede 8.428,35m².

O novo estádio terá quatro pavimentos compostos de arquibancadas, estacionamento e salas comerciais, que serão ocupadas por Secretarias/Departamentos da Prefeitura de Chapecó. Outras informações: 49 3322-0058.

ECOPARQUE

Localizado na Av. Getúlio Vargas, o Ecoparque possui área verde com árvores nativas e eucaliptos, lago com ponte, três trilhas para caminhada, áreas de convivência, playground, banheiros, academia ao ar livre. Aberto diariamente das 6 às 21 horas.

PARQUE PALMITAL

Possui churrasqueiras, mesas, playground, quadra de esportes e área arborizada com espécies nativas, proporcionando um ambiente agradável para caminhadas. Localizado no Bairro Palmital, fica a cerca de 4 km do centro.

PARQUE DAS PALMEIRAS

Área arborizada e iluminada, com 14 mil m². Possui churrasqueiras, sanitários, parque infantil com 520 m², pista para caminhada e estacionamento. Local agradável, localizado no Bairro Parque das Palmeiras, a cerca de 5 km do centro da cidade.

MUSEU TROPEIRO VELHO

Localizado na Linha Boa Vista, na propriedade da Família Fonseca, possui inúmeras peças que retratam a vida dos antigos moradores de Chapecó e do jeito tropeiro de viver. A propriedade oferece também área de lazer, camping e lanchonete. As visitas devem ser agendadas pelo telefone 49 9107-5210.

CAPELA SÃO CARLOS – COLÔNIA BACIA

A comunidade de Colônia Bacia teve seu início em 1947 com a chegada dos primeiros colonos, procedentes do Estado do Rio Grande do Sul, sendo a maioria de origem italiana e praticante da religião católica. Surgiu a ideia de dar um nome a esta comunidade e, por sugestão do então Frei Liberato, passou a chamar-se Colônia Bacia, devido ao seu relevo. Com o passar do tempo, os moradores sentiram a necessidade de construir uma capela para celebrar suas orações. O grande incentivador para a construção da capela foi Frei João Vianey Erdrich, que na década de 1950 propôs a construção de outras 16 capelas com o mesmo modelo arquitetônico, em estilo franciscana, edificada em madeira e telhas de zinco. No ano de 2000, a Igreja foi recuperada, como forma de manter e valorizar a história e a cultura.

GRUTA DE SEDE FIGUEIRA

Localizada no Distrito de Sede Figueira, a 1.000 metros da BR-282, o local é composto por três grutas que se formaram na rocha e uma cachoeira com aproximadamente 8 metros de queda d’água. A capela de Nossa Senhora de Lourdes fica em frente a uma das grutas, onde anualmente, no mês de Dezembro, realiza-se Romaria Penitencial para a Santa, contando com a participação de cerca de 5 mil pessoas. Em meio a mata nativa, há a Trilha dos Mistérios do Rosário, com 15 esculturas em pedra de arenito, de 1m de altura x 0,80cm de largura, simbolizando cada um dos mistérios. As obras foram confeccionadas pelo artista chapecoense Cyro Sosnoski (20 km-W).

MERCADO PÚBLICO REGIONAL

Espaço com box para cada um dos 20 municípios da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc), com praça de alimentação; palco para apresentações culturais; venda de produtos da agricultura familiar, peixes e artesanatos; auditório para 60 pessoas; salas de reuniões; entre outros serviços. Está localizado na esquina das ruas Presidente Kennedy e Nereu Ramos, 1750E, Bairro Passo dos Fortes. Outras informações: 49 3331-3314.

CENTRO PÚBLICO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

Espaço localizado junto ao Mercado Público Regional, onde entidades ligadas ao Artesanato/Confecção oferecem produtos artesanais da cultura regional. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h45 e das 13h30 às 17h45, esquina das ruas Presidente Kennedy e Nereu Ramos, 1750E, Bairro Passo dos Fortes. Telefone 49 3331-4831.